Confira a programação da

Em breve novidades, aguarde

Viva una bela giornada

1931

A primeira Festa da Uva em Caxias do Sul acontecia uma cidade em pleno desenvolvimento. A proposta inicial era promover a exposição de uvas e a troca de experiências entre os produtores da região.
Com o passar dos anos, o evento começou a enaltecer a cultura italiana, o progresso da comunidade e a ligação com a terra, costumes e tradições. A partir do sucesso obtido, a festa passou a contar com presenças ilustres e transformou-se em um dos maiores eventos temáticos do Brasil.

1954

Com 51 dias, a edição ganhou a alcunha de “Festa Interminável”, e teve a inauguração do então pavilhão destinado à festa (atual sede da prefeitura de Caxias do Sul), do Monumento Nacional ao Imigrante, além da presença do então presidente Getúlio Vargas.
Outra novidade aconteceu no corso alegórico: pela primeira vez, ele teve divisão entre quem desfilava e quem assistia, com cordões de isolamento entre rua e calçada da avenida Júlio de Castilhos.

1961

Após disputas em 1950, 1954 e 1958, a edição de 1961 teve a IV Copa Festa da Uva. A atração era uma das principais nas décadas de 1950 e 1960, e reunia pilotos em uma corrida que rodava por estradas de cidades além de Caxias do Sul.
De onze participantes, após muitas curvas e terra pelas estradas da Serra Gaúcha, somente dois completaram o percurso. O vencedor foi Ítalo Bertão, de Passo Fundo, pilotando um Chevrolet 1938 com número 9. Em seguida, chegou o paranaense Germano Schlögl, com um Ford inscrito com o número 19.

1972

A Festa da Uva também marcou a história da comunicação do país. A edição de 1972 foi a primeira transmissão ao vivo a cores da televisão brasileira. Em suas últimas edições, a festa se destacou por trazer artistas de destaque nacional para a Serra Gaúcha.Outra inovação foi a diminuição de carros alegóricos na rua Sinimbu: de 60 para 42. O desfile, como as festas da década de 1960 em geral, teve como tema a diversificada produção econômica de Caxias do Sul.

1981

A edição foi marcada pelo quinteto de soberanas. Além da rainha, Marilia Conte, foram quatro as princesas naquele ano: Silvana Moreira, Bebel Eberle, Magda Martini e Nora Torelly.
Entre os jurados que elegeram o quinteto estavam José Lewgoy, Danuza Leão e Roberto Gigante. Presidente da festa à época, Flávio Salomoni justificou o total de soberanas em razão do alto nível das candidatas.

1986

Comunidade e visitantes tiveram novidades como a Festa Colonial da Uva, no distrito de Otávio Rocha (Flores da Cunha), e um palco para a apresentação de grupos gauchescos. O Parque de Eventos também recebeu a Alice Life Center, estrutura com cerca de 700 metros quadrados, onde podia-se fazer uma fantástica viagem pelo corpo humano. As variadas atrações fizeram sucesso entre o público daquele ano.

Aguarde

Em breve mais fatos e curiosidades sobre essa linda história.

Siga

A festa
da uva

nas redes sociais